Login
 

Índice geral de aprofundamentos...

 

  

OUTROS VÍDEOS PARA VOCAÇÕES ( Religiosas )..

 

telecamera.JPG

 

 

 

 

 

 

 COMO FALA DEUS ?...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PORQUÊ OS RETIROS VOCACIONAIS ?...

 

 

 

 

 

  

copertina.jpg

CARTA ABERTA A TODOS OS CHAMADOS... 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

Busta V.JPG

TestEmUnHOS  v.v.

daqueles que entraram na Comunidade dos Pequenos V.V.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CASAR OU NÃO CASAR ?...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Aprofundamentos sobre as Missões Estradais a Longo raio e outras...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

COMPORTAMENTO entre IRMÃOS e IRMÃS V.V.  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

Aprofundamentos sobre a nossa Formação em geral, e sobre a Formação Sacerdotal V.V. 

 

EXPERIÊNCIA VOCACIONAl ( RELIGIOSA )..  

 

Se depois estes procurarão verdadeiramente a Divina Vontade, será-lhes consentida :

uma experiência silenciosa  de  " atenta

oração ", de um mínimo de 2 semanas,

não menos disso; de outro modo se corre o risco de

aguar o Espírito de DEUS, com aquele do

mundo, do qual nós saímos. De facto está escrito :

« Mas foram dadas à mulher as duas asas da

grande águia (espiritual) para voar no

deserto (da prova) em direcção ao refúgio

preparado para ela (e para todos aqueles que o

queiram) para ser alimentada por um tempo

( indeterminado )… longe da serpente (que é

o espírito do mundo, isto é o mar de pessoas

que não procuram DEUS) ». ( cfr Ap 12, 14-18 )                                 

 

  Portanto, para todos aqueles que virão a fazer um

período de " silêncio e atenta oração "

é necessário (cfr Gen 18,19) - obedecer - com naturalidade e

por amor, ao espírito da comunidade [ ( cfr 1 Cor 1,10 )

De outro modo são livres de regressar imediatamente de onde vieram ].

 

Quanto àqueles que por Divina revelação

terão entendido de dever condividir a vida connosco,

eu “ o Iniciador da comunidade V.V.”, recordo-lhes, a

mim mesmo e aos meus "pequenos frades e irmãs", que esta

é a nossa  Regra de vida ” ( que inclui

“ prólogo ”  e  “ vários esclarecimentos ” ).

" Quem meditará ”  esta - REGRA -

" atentamente "  e a - observerá -, eu, pequeno

servo inútil…, prometo – estando-me à

Revelação Divina -  " tanta tanta luce " e

# segura SALVAÇÃO # ( e muito mas muito mais ),

ao louvor e glória

*            do PAI                                  (eterno)

*            do FILHO,                 (obediente exemplo)

*       e  do  ESPÍRITO SANTO                (materno)

AMÉN, AMÉN, AMÉN !!!

 

 

VÁRIOS ESCLARECIMENTOS SOBRE AS

NORMAS DE ASSUNÇÃO

( CAPÍTULO  I° )

 

    No Nome do Senhor, " a Paz esteja Convosco " meus caríssimos irmãos mais pequenos e irmãs … Por quanto se refere àqueles que queiram fazer connosco uma experiência prolongada, ou por quanto diz respeito àqueles que por Divina Rivelação terão entendido que devem condividir a breve prova desta vida connosco, Pequenos Frades (e Irmãs) V.V. de Jesus e Maria, antes de serem recebidos ou acolhidos definitivamente para a prolongada experiência de " 6 meses " ou " para o ano de prova ", sejam diligentemente, mas diligentemente examinados dos ministros em relação à Fé da Igreja Católica, aos Sacramentos que Essa administra, e aos Ideais da nossa Comunidade expressos em todas as passagens que têm a minha impressão, as quais jamais podem andar fora das normas e das prescrições da S. Igreja Católica Apostólica e Romana ! 

 

    Se depois disto, aqueles que queiram ser recebidos à prolongada experiência de 6 meses (depois da breve experiência de 2 ou mais semanas, citada já ao interno da regra), sim, se depois deste breve preâmbulo de ingresso, estes acreditam em todas estas coisas, então, sejam recebidos à prolongada experiência…  ( e assim para o ano de prova e os dois anos de noviciado)…

 

 

Esperienza a passaggi sulla strada.JPG     ------------------------------------------------------------------------------------- 

 

     PARA AQUELES QUE SENTISSEM DE EMPREENDER O CAMINHO DO SACERDÓCIO 

   Por quanto se refere, então, a todos aqueles que sentissem de empreender connosco o Caminho do Sacerdócio (Latino), estes, depois de terem concluído positivamente o (simples e) semestral período de experiência, e depois de terem feito um côngruo período de discernimento, determinado de acordo com o seu Provincial e com a sua interna Guia Espiritual, sim, se depois disto, esta fosse (claramente) a Vontade de Deus, então que empreendam os estudos Sacerdotais, << e FIAT >>, seja feita com felicidade a Vontade de Deus. Amén !

                                                                                                           

PARA AQUELES QUE TÊM NECESSIDADE DE UM POUCO MAIS DE TEMPO

 

   Por quanto diz respeito àqueles que, ao termo da prolongada experiência de 6 meses, não se sentissem ainda prontos para dar o passo successivo, podem-na prolongar até que se sintam maduros para o dar.
O mesmo discurso vale para todos aqueles que terão acabado o ano de prova …

 

 

PARA AQUELES QUE TÊM UMA IDADE INFERIOR A 17 ANOS OU SUPERIOR A 60

 

   No que se refere à idade de admissão ao nosso noviciado, a idade varia de um mínimo de 17 anos a um máximo de 60 anos. Quem não se encontrasse dentro de estes limites de idade, antes de ser admitido ao nosso noviciado, receba o consenso do Bispo local.   

 

PARA AQUELES CASADOS QUE SENTISSEM DE EMPREENDER ESTA VIDA

 

   No que diz respeito àqueles casados que, por Divina Revelação sentissem de empreender esta vida, recebam antes do ano de prova o consenso positivo, seja da mulher que do Bispo diocesano. Em caso contrário, rezem insistentemente como as crianças, seja a Nossa Senhora que sobretudo ao Senhor, um pouco como fez S. Rita de Cássia, considerada por muitos como : << a Santa dos impossíveis ! >> .

 

PARA AQUELES DE OUTRAS FAM. RELIGIOSAS QUE SE SENTISSEM AQUI CHAMADOS

                              

    Por quanto se refere àqueles que chegassem de outras Famílias religiosas, se estes ainda não fizeram os votos perpétuos ( na sua família ) e dizem que por Divina Revelação se sentiriam impelidos a fazer uma experiência connosco ou que por certo se sentiriam Chamados a viver connosco, segundo os critérios anteriormente descritos, venham também estes acolhidos,  e tudo isto é bom e bendito.                  
     No que se refere em vez disso àqueles que, depois de terem feito os votos perpétuos ( na sua família ), também dizem que por Divina Revelação se sentiriam impelidos a fazer uma experiência connosco ou que por certo se sentiriam Chamados a viver connosco, beh, dado que para estes, a coisa é : “ um pouco muito ” mais delicada, antes que sejam acolhidos para o ano de prova, segundo os critérios anteriormente descritos, se façam antes desatar ( com uma autorização escrita ), e seja do Superior da sua Família, que sobretudo ( se há necessidade ) do Bispo diocesano de onde se encontravam, e se façam dar ainda o consenso positivo do nosso Bispo diocesano em questão; e se assim for, que bem venham, um pouco como S. António de Lisboa-Pádua que veio na pobre Família de S. Francisco de Assis. Amém !

 

PARA TODOS AQUELES QUE DEPOIS DE SE TEREM IDO EMBORA QUEIRAM REGRESSAR

 

   Por quanto diz respeito então àqueles que, depois de terem interrompido por uma subtil tentação ou por vontade própria o semestral período de experiência, queiram regressar novamente, que também o façam, dado que está escrito : << Eterna é a sua Misericórdia ! >> (Sl 135,1), mas só depois de se terem Confessado (com o Sacerdote) e de terem pedido perdão aos irmãos, dado que S. Pedro disse a Jesus : << Senhor, quantas voltas deverei perdoar ao meu irmão .. ? Até sete vezes ? >>  E Jesus lhe respondeu : << Não te digo até sete, mas ( se se arrepende - Lc 17,3 B -) até setenta vezes sete >> ( Mt 18,21-22), isto é, em eterno !
   E não só, estes ao seu regresso, " sejam acolhidos com muita alegria ", como fez aquele Bom Papá, que "acolheu em festa" o regresso do filho pródigo ! (Cfr  Lc 15, 11-31); regressando, recomencem do início a sua prolongada experiência. 
   A mesma coisa vale para aqueles que, depois de terem interrompido por subtil tentação ou por vontade própria ( o interno aspirantado, período de prova, postulantado – isto é ) o honesto ano de prova, queiram regressar, também estes, do mesmo modo dos primeiros, regressem, dado que ainda está escrito : << Eterna é a sua Misericórdia ! >> (Sl 135,1). Depois de terem sido acolhidos do mesmo modo, também estes (recebendo novamente as roupas da prova) recomecem de início o ano de prova.
   O mesmo, eventualmente, vale também para os Noviços e para os Confirmados, dado que ainda está escrito: << Eterna é a sua Misericórdia ! >> (Sl 135,1), mas com uma doce …

 

MAS COM UMA DOCE  "ADVERTÊNCIA", A QUAL VALE PARA TODOS

 

a começar, eventualmente, por mim mesmo, porque assim diz o Senhor: << Quem põe a mão no arado e depois olha para trás não é apto para o Reino de Deus >> (cfr Lc 9, 62). Portanto, se queremos reinar no Paraíso, pensemos agora, que é tempo de Misericórdia, porque “ a surpresa ”, será o tempo do julgamento !  E cada um recolherá aquilo que terá semeado,  nem mais, nem menos ! (cfr  Gl 6, 7-8) Amém ! 

 

      Portanto, dito isto, antes de afrouxar ou de << olhar para trás >> (cfr Lc 9,62), - da Chamada que o Senhor claramente nos mostrou -, Rezemos ao Senhor, de modo que não nos aconteça aquilo que a tal propósito também diz S. Pedro; isto é : << Melhor seria que não tivessem conhecido o Caminho da Justiça do que, depois de o ter conhecido, terem-se desviado do Santo Mandamento que lhes foi confiado. Cumpriu-se neles a verdade do provérbio: O cão voltou ao seu próprio vómito, e a porca lavada tornou a rebolar na lama >> ( 2Ped 2,21-22)..

 

 

 

P.S.

 

            Portanto, “Se quiseres” ( cfr Mt 19, 21..) levanta-te e “ vem ” a Rezar connosco na Igreja (cfr Ef 3, 21) Católica, e a praticar connosco nas estradas ( cfr Mc 6, 7-13; Lc 8, 2-3…) concretas, e verás tantos milagres de conversão etc... ( cfr Act 3, 6-8),

 

MAS, se desEJAS CONTACTAR-NOS, <<pArA faZEr uMA eXperiÊnCIa>> conNOSCO, rEcorda-tE QUe :

 

 

           Não possuímos nada, nem telefone, nem fax, nem casa ( cfr Mt 8, 20 ),
           mas para qualquer eventualidade, escreve a um destes endereços,
           deixando o teu número telefónico e alguém tentará de o nos fazer saber,
           de modo que, o mais cedo possível, algum de nós te contactará.

          ( Portanto, actualmente estamos em 4 dioceses do mundo
          [em Roma somente para estudar] como :
           Itália, norte, sul e oeste,
           Estados Unidos e em pequenos grupos...
           e por isso, no --- "Planeta Terra"..

           mas proximamente, com a Graça de Deus, nos ilimitados espaços eternos,
           de uma estrela a uma outra e no luminoso caminho da Bem-aventurada

           e Gloriosa Imortalidade ! …
           Por isso, se queres contactar-nos, escreve-nos como dissemos acima
           para um destes endereços e se for do agrado de Deus,
           algum de nós, o mais cedo possível, te contactará
)
:

 

           vocacional@fradespobres.net   

( deixai o vosso número de telefone se vos interessa fazer uma experiência vocacional )

 

           A  nossa Missão (ou seja, o nosso trabalho) é : Anunciar  ao mundo  << Cristo Morto e Ressuscitado >>  através de pobres Volantini (flyers) Vivos, isto é - não através de uma distribuição de flyers, mas através “ da Sagrada Carta de Condução do Cristão” Viva em nós, como cartãozinho de visita, de um luminoso Exemplo de Vida ! - (cfr Jo 13, 15). Ajudarnos-ias a fazer isto com “a tua vida” ? Jesus diz: « Ninguém tem um maior Amor do que este : Dar a Vida pelos próprios amigos » ( Jo 15, 13 ) ! « A Messe é muita e os operários são poucos » ( cfr Lc 10, 2 ), e o mundo a percorrer é grande; gostarias de “ viajar connosco de total providência ”  ( cfr Mc 6, 7-13 ) para Anunciar ao mundo o Salvador, antes de tudo com a vida e depois também com as palavras ??? Escreve, - o  Prémio é GRANDE  ( cfr Mt 5, 19; Mt 19, 21. 27-30 ) ! Reflecte … Agora é tempo de Agir !!     

P.P.S.
para qualquer que seja a dúvida, sempre à disposição, é só contactar-nos com os meios acima indicados, quanto a tudo o resto, recordemo-nos todos que, como dizia uma grande Santa carmelita, ou seja Santa Edith Stein: << Ao fim desta vida, o maior remorso será aquele de não ter morrido na santidade ! >>. Portanto, 
Paz e Bem e sobretudo Felicidades de Santidade !, dado que também está escrito: << Esta é a Vontade de Deus, a vossa Santificação ! >>. ( cfr 1Ts 4, 3a ). Amén ! ...
Copyright (c)